12 de março de 2012

Quem e Quais são os Anjos ?


Os arcanjos são "mensageiros que transportam Decretos Divinos". No Livro de Enoch, que seria o suposto o escriba escolhido por Deus para escrever a Sua Verdade, o autor descreve sua viagem ao Céu, fazendo comentários sobre a organização das hostes angélicas. Conta a história que mais tarde Enoch foi levado ao céu e transformado no poderoso anjo Metatron, que é o guardião do planeta Terra. 


Ainda como simples mortal, dentre suas experiências místicas com os seres alados ele destacou a presença dos sete arcanjos mais conhecidos no mundo pela tradição judaico-cristã. Outros três anjos se popularizaram ao longo do tempo e aparecem na seqüência, completando a lista. O final "el" ao final de cada nome significa "ser resplandecente" ou "Senhor", em hebraico.


 São eles: 


Miguel - "Quem é como Senhor?" Diz-se que este é o arcanjo mais próximo de Deus e é freqüentemente representado como líder dos arcanjos. Poderoso defensor do Céu, liderou a batalha contra o mal, banindo Satã e seus anjos caídos para o inferno. É considerado o patrono e o defensor do povo judeu e teria sido o intermediário entre Deus e Moisés quando os Dez Mandamentos foram entregues. Ele também é considerado o guardião dos segredos pelos quais se estabeleceram o Céu e a Terra. Nos Manuscritos do Mar Morto, Miguel recebe a denominação de "o Príncipe da Luz". Ele também foi identificado como o anjo que segurou a mão de Abraão quando estava para sacrificar seu filho Isaac. 


A mártir francesa Joana D'Arc dizia ter tido várias visões proféticas do arcanjo Miguel. Na tradição anglicana e católica romana, comemora-se o dia de São Miguel em 29 de setembro. Os ingleses costumam comer ganso assado nessa data para atrair a prosperidade, seguindo um velho provérbio que diz: "Quem comer ganso no Dia de São Miguel terá dinheiro o ano inteiro". Poderoso arcanjo que governa o Quarto Céu, está escrito no livro de Daniel que ele aparece quando o mundo corre sério perigo. Seu símbolo é a espada desembainhada e a armadura. É o anjo ligado ao Sol e à primavera. Suas cores: verde-bandeira, azul vivo, dourado e vermelho rosado. 


Gabriel - "O Senhor é minha força". Um dos quatro arcanjos que permanecem ao redor do trono de Deus, Gabriel está sentado à esquerda dele. No livro de Daniel, Gabriel é o anjo da revelação escatológica (o fim dos tempos). Ele é enviado a Daniel para explicar a visão os "tempos finais" e para revelar o significado secreto das palavras de Jeremias que Daniel estava lendo. Associado à concepção e ao nascimento, Gabriel foi o Anjo da Anunciação, que revelou a Maria o nascimento de Jesus. Também avisou a Zacarias sobre o nascimento de seu filho João Batista, parido do ventre da esposa Isabel. 


É de Gabriel a famosa invocação de uma das orações mais conhecidas entre os católicos: "Ave-Maria, cheia de graça, o senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres". Também coordenou o coro de anjos que cantava em torno do recém-nascido Jesus "Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade". É considerado o Anjo das Boas Novas: dos Sonhos, da Anunciação, da Ressurreição, da Misericórdia e da Revolução. Governa o Primeiro Céu, o mais próximo de nós, sendo chamado "O Governador do Éden". Como encarregado do Paraíso, coordena todos os anjos e é conhecido no Céu como o dirigente dos Querubins. Celebra-se o dia de São Gabriel em 24 de março. Seu símbolo é o lírio, numa alusão à concepção ou à trombeta, simbolizando a voz de Deus. Conta-se também que ele é o instrutor das almas durante os nove meses de vida intra-uterina, preparando-as para virem ao mundo. Este arcanjo simboliza o outono; suas cores são castanho, marrom e verde-escuro. 



Remiel, Jeremiel, Ramiel ou Fanuel - "O Senhor eleva" ou a "Face do Senhor". É o anjo da esperança que conduz as almas desencarnadas ao Juízo Final. Interpreta as "visões verdadeiras" para os mortais no caminho da alma a Deus. É relatado tanto como anjo santo quanto como anjo decaído. 


Auriel - É conhecido como o "Anjo da Noite". Associado ao elemento terra e ao inverno, é considerado o Anjo do Planejamento e do Futuro, pois é nesta estação do ano que tudo repousa, acumulando forças para brotar na primavera. Sugere cores sóbrias como o marrom, o cinza e até mesmo o preto. 


Raziel - "Segredo do Senhor" ou "Anjo dos Mistérios". É considerado o anjo das regiões Secretas e dos Mistérios Supremos. Diz-se que é autor de um livro contendo todo o conhecimento do Céu e da Terra. Infelizmente, tal sabedoria não se encontra a nosso alcance, pois teria sido escrita na linguagem dos anjos. Uma das versões conta que o livro foi confiado a Adão após ter sido expulso do Paraíso para que pudesse combater as doenças humanas, já que o manuscrito trazia uma classificação das ervas medicinais do mundo. 


Outra lenda diz que o livro acabou nas mãos de Enoch e alguns trechos foram incorporados pelo escriba em seu Livro, sob a ótica terrena dos mortais. Também diz-se que o livro foi entregue a Noé pelo arcanjo Rafael para que ele pudesse construir a sua Arca. O livro de Raziel, segundo consta, abre as 1.500 chaves para os mistérios do universo; graças à imperfeição humana, esse precioso tesouro se perdeu. Mesmo assim, de acordo com o Zohar, outra obra mística judaica, o arcanjo nos dá novas oportunidades de acesso a esses conhecimentos, pois diariamente, do alto do Monte Horeb, revela tais segredos a toda a humanidade. O filósofo judeu Maimônides (séc.XII) representa Ariel como arauto da Divindade e o anjo preceptor de Adão. Considerado o chefe dos Tronos, Raziel é convencionalmente representado por uma luz branca brilhante. 


Metatron - Também conhecido como o "Príncipe do Rosto Divino", "Anjo do Pacto" ou "Rei dos Anjos", é responsável pela existência do mundo e pela sustentação da raça humana. No Talmude é considerado a ligação direta entre Deus e os homens; na Cabala é chamado "Anjo do Senhor". Também se atribui a ele ter segurado a mão de Abraão quando ele estava a ponto de sacrificar Isaac, embora essa missão também tenha sido atribuída a Miguel. Uma versão conta que Enoch, ao ser definitivamente transportado para o céu, recebeu a ajuda do arcanjo Miguel, que o ungiu com óleos e o vestiu para que tomasse a aparência do anjo Metatron. 


Como era um escriba na terra, Metatron passou a registrar tudo o que acontecia, exercendo no céu a mesma função que desempenhava como humano. A idéia de que nossos feitos estão registrados no Céu e que serão consultados no dia do Juízo Final corresponde a essa metáfora do escriba. Outra versão aponta a presença do arcanjo na criação do mundo, invalidando a hipótese de que ele seria um homem elevado à condição de anjo. Metatron habita o Sétimo Céu e pode tomar a aparência de um pilar de fogo com o rosto mais ofuscante do que o Sol. O significado do nome Metatron é incerto. Alguns acreditam que seu nome era derivado do latim metator (guia, mediador). Outros asseguram que se originou nos círculos judeus e deve ser considerado como uma invenção puramente judaica, uma metonímia para o termo "pequeno YHWH" (nome sagrado de Deus). Seu nome é interpretado como "aquele que ocupa o trono próximo do trono divino".


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...