14 de junho de 2012

Um pouco da vida de Boy George



Fã de David Bowie e do vocalista Marc Bolan do T-Rex, Boy George circulava pelos clubes de Londres no final da década de 1970 com um visual polêmico inspirado em Marc. Trabalhando como DJ, conheceu em 1981 Malcolm McLaren, que o convidou a integrar o grupo Bow Wow Wow, de onde saiu pouco tempo depois.


Em 1982 formou com o baixista Michael Craig o grupo In Praise of Lemmings, que mudou o nome para Sex Gang Children. Acusados de pedofilia pelo novo nome que adotaram, acabaram mudando o nome da banda para Culture Club, onde entraram o baterista Jon Moss e o guitarrista Roy Hay. Assinando com a gravadora Virgin, lançaram o primeiro single, "White Boy", seguido por "I'm Afraid Of Me" mas o sucesso veio realmente com "Do You Really Want To Hurt Me". O primeiro álbum, Kissing to Be Clever logo tornou-se sucesso.


O Culture Club foi um dos integrantes do movimento New Romantic ao lado de Duran Duran e Visage. No entanto os conflitos entre os integrantes do grupo, e os problemas de Boy George com drogas levaram à separação do grupo. Em 1986, Boy George é preso por porte de drogas, e o tecladista Michael Rudetski é encontrado morto, por overdose de heroína na casa de Boy George.


Boy George é internado em uma clínica para tratar sua dependência, e retorna ao mercado em 1987, iniciando sua carreira solo com o álbum Sold que faz sucesso somente na Inglaterra, embora este álbum tenha um single que atingiu razoáveis posições nas paradas de sucesso mundial, o cover de "Everything I Own".


Em 1988, foi lançado o álbum Tense Nervous Headache e, em 1989, Boyfriend. Este último acabou sendo lançado somente na Europa e, assim como o álbum do ano anterior, não obteve muito sucesso.


Em 1990, Boy George lança o álbum The Martyr Mantras, sob o pseudônimo de Jesus Loves You. O álbum é um trabalho totalmente diferente dos três álbuns anteriores.
Boy cria o selo More Protein para lançar seus próprios discos e, retorna às paradas musicais, com a canção "The Crying Game", produzido pelo Pet Shop Boys, música integrante da trilha sonora do filme Traídos Pelo Desejo, do diretor irlandês Neil Jordan. Foi o primeiro sucesso de Boy George nos Estados Unidos após o início da sua carreira solo.



Boy George obtém grande sucesso como DJ, área na qual trabalhou antes do sucesso com o Culture Club e com a qual voltou a trabalhar alguns anos após o término da banda. A vertente com a qual ele trabalha é a House Music, mais especificamente o Hard House, com alguns remixes de músicas dos anos 1980.


A Ministry Of Sound lançou alguns anuários a partir de 1995, entre outros CD's, com remixagens feitas por ele.Já atuou sob o pseudônimo de Jesus Loves You no início da década de 1990 e mais recenetmente, sob o pseudônimo The Twin, onde adotou um visual mais arrojado, baseado nos modelos produzidos pelo designer australiano Leigh Bowery.



Em 1995, o cantor lançou seu primeiro livro, a autobiografia "Take it Like A Man", que se tornou um best seller na Inglaterra e nos Estados Unidos. Em 2005, foi lançada sua segunda autobiografia, intitulada "Straight". Neste livro ele relata fatos e histórias ocorridas nos bastidores do Culture Club e até mesmo em sua vida pessoal, como o episódio em que se envolveu com garotos menores de idade em um motel na Califórnia.
Em 2001, lançou o livro chamado "Karma Cook", onde ensina receitas macrobióticas, dieta que passou a seguir após abandonar a dependência das drogas.


Em 2002, passou a atuar como ator no musical "Taboo", peça teatral que retrata a época do New Romantic, fala sobre o estilista australiano Leigh Bowery e, sobre a carreira de Boy George nesta época. A peça conta com trilha sonora composta pelo próprio Boy George, além de reunir algumas canções do Culture Club e da carreira solo do cantor. No musical, ele interpreta Leigh Bowery.


Boy George participou da gravação do Band Aid no compacto Do They Know It's Christmas? para o natal de 1984 em prol da fome na África.Atualmente, Boy George também mantém uma grife, intitulada B-Rude, com loja própria na cidade de Londres.



Em agosto de 2006, Boy George foi condenado por ligar para a polícia americana e simular um assalto em seu apartamento em Nova York. A polícia encontrou uma quantidade de cocaína e lhe aplicou como pena a limpeza das ruas durante uma semana.
Em 1995, Boy George se apresentou pela primeira vez no Brasil, fazendo show em São Paulo e no Rio de Janeiro, divulgando seu disco Cheapness and Beauty.


Em 9 de setembro de 2008, Boy george voltou a fazer show no Brasil, em São Paulo, no qual cantou sucessos do passado como "Do You Really Want To Hurt Me?", "Miss Me Blind" e "Karma Chameleon".


Em 16 de Janeiro de 2009, foi sentenciado a 15 meses de cadeia no Tribunal de Snaresbrook em Londres, por manter o acompanhante norueguês, Audun Carlsen, sequestrado na sua casa tendo este sido algemado e espancado, sendo solto após 4 meses de cárcere devido ao bom comportamento.






Postar um comentário

Facebook