6 de abril de 2013

As Mais do Rock Feminino de Todos os Tempos


O rock sempre foi associado à liberdade sexual, à quebra de tabus sociais e, sobretudo, à luta pela igualdade de gêneros. Mas infelizmente a realidade é outra. São poucas as mulheres que se destacam vocalmente, a exemplo do que acontece com outros gêneros musicais.

Fazer este tipo de lista é sempre um estopim que detona paixões e desperta polêmica. Entretanto, vou me atrever e lançar a minha. Ela é pequena e traz apenas o que considero ser as melhores vozes femininas de sempre do rock. Talvez nem tanto pela qualidade técnica, mas pela minha paixão escancarada por elas.
Janis Joplin[8]
Jamis Joplin - Na minha modesta opinião (ou pela paixão, como disse acima) ela é a primeira grande voz do rock. Mas morreu prematuramente em 04/10/70, aos 27 anos, vítima de overdose de heroína. Começou carreira em 1966, na “Big Brother and the Holding Company”. Dois anosdepois, deixou a banda e seguiu carreira solo. Gravou originalmente apenas 3 discos: Big Brother and the Holding Company (1967), Cheap Thrills (1968) e Pearl, lançado após a sua morte, em 1971. Veja vídeo.
nico - chelsea_girl_thumb[3]
Nico – A primeira mulher a penetrar nesse fechado clube do Bolinha chamado rock’n’roll. Ela compôs o emblemático grupo “The Velvet Underground & Nico” (1966), grupo liderado por Lou Reed, cujo disco homônimo fora produzido por Andy Warhol. Em 1967, ela lança o seu primeiro álbum solo, o "Chelsea Girl ". Outros discos vieram a seguir, mas foram apenas sucesso de crítica.  Em 1988, pouco tempo depois de ter abandonado o vício da heroína e do álcool, Nico sofreu um infarto enquanto andava de bicicleta em Ibiza (Espanha).  Bateu a cabeça no chão e morreu de hemorragia cerebral poucas horas depois (veja vídeo)..
patti smith[5][5]
Patti Smith - É a pioneira do punk rock de calcinha. Considerada a poetisa do punk, ela também é pintora, guitarrista e ativista feminista. Gravou o seu primeiro disco em 1975, “Horses”. Veja vídeo.
Siouxsie Sioux[5][5]
Siouxsie - Sem dúvida alguma, a primeira diva do gótico, Siouxsie Sioux não poderia faltar  nesta  reduzida lista. Em 1976, cria a banda “Siouxsie and the Banshees”, grupo por onde passaram Sid Vicious (Sex Pistols) e Robert Smith (The Cure). Preciso dizer mais? Veja vídeo.
Signe Toly Anderson
Signe Toly Anderson – Uma das fundadoras do Jefferson Airplane, uma das primeira bandas do rock psicodélico, Signe era cantora de jazz e folk antes de se juntar à banda. Mas teve uma carreira curtíssima. Em 1967, deixou a música pra se dedicar totalmente à filha. Ouça áudio.
Tina Turner
Tina Turner – Esta é bem eclética. Foi do R&B ao pop com muito talento. Com uma voz inconfundível faz de seus shows espetáculo memoráveis. Na década de 1980 foi considerada a Rainha do Rock. É também uma excelente dançarina,  uma boa atriz e dona de um fantástico par de pernas. Veja vídeo.
Amy Lee[12]_thumb[3]
Amy Lee - Além da voz maravilhosa, ela também compõe e toca piano. É líder do Evanescence e a única que restou da formação original, que depois de passar 4 anos sem gravar, volta com novo disco em breve.Veja vídeo.
Rita Lee[4][5]
Rita Lee - Claro que tem de ter um sotaque brazuca nesta história toda. Ela começou sua carreira em 1966 como vocalista dos tropicalistas “Os Mutantes”. Expulsa do grupo, grava em 1973 “Cilibrinas do Éden”, mas o disco nunca foi lançado. No ano seguinte, cria o Tutti Frutti e lança primeiro álbum, "Atrás do Porto tem uma Cidade", disco que iria transformá-la na maior ícone de todos os tempo do rock brasileiro.

Facebook